quarta-feira, 24 de junho de 2020

O que Batman nos ensina sobre se fortalecer pela adversidade?


Quando uma pessoa é atingida por um grande tragédia perdendo tudo que ama é um momento extremamente difícil, porém posteriormente por mais doloroso que seja ela vai ter que fazer uma escolha: desistir ou continuar em frente de alguma forma.  A maneira como vai seguir a partir daí vai determinar o resto de sua vida. O personagem dos quadrinhos, o Batman, talvez seja o que consegue representar melhor na cultura pop a busca pela superação e fortalecimento psicológico após uma tragédia. Quem assistiu o filme Batman Begins do diretor Nolan viu a frase do pai do jovem Bruce Wayne: Por que caímos? Para aprendermos a levantar. 

Nesta matéria vamos entender por que o personagem Batman é um exemplo máximo de superação e o que podemos extrair do seu exemplo para a vida real. 



Renascendo das trevas

 
O vigilante Batman estreou em maio de 1939 nas páginas da Detective Comics # 27. O Médico Thomas Wayne, bilionário e dono da corporação Wayne, certa noite ao sair do cinema com seu filho Bruce ainda criança,  e sua linda esposa com um colar de 10 mil dólares, ele tem a brilhante ideia de cortar caminho por um beco escuro sem iluminação (sim, pode acreditar ele fez isso). E um criminoso que estava já de olho no casal em especial no "colar de pérolas" anuncia o assalto quando entram no beco e Thomas decide reagir sendo baleado e logo em seguida sua esposa também. O criminoso foge e Bruce fica ali junto aos corpos do pai.




A partir daquele momento o jovem Bruce Wayne decidiu lutar contra o crime. Ele iria tornar a cidade segura, e traçou uma meta onde no futuro nenhuma criança  teria que passar pelo que ele passou. Isso o levou a se tornar no vigilante Batman.

 
Porém, na sua guerra contra o crime teve vários efeitos colaterais que trouxe mais traumas dolorosos para Batman, como a morte de seu filho adotivo Jason Todd, o segundo Robin nas mãos do Coringa.


Anos depois, a Batgirl,  filha do comissário Gordon, foi baleada  e se tornou paralítica também pelo Coringa.

Seu aliado e amigo comissário Gordon foi torturado nesta mesma ocasião sendo obrigado a ver fotos da sua filha baleada e nua, tiradas pelo vilão.


Anos mais tarde o criminoso altamente estratégico Bane quebra a coluna do Batman depois de leva-lo a exaustão num jogo psicológico minando as forças físicas e mentais e consequentemente Bruce vê sua cidade cair no caos.



Recentemente Bane retorna mais uma vez nos quadrinhos e quebra o pescoço do fiel amigo do Batman, o modorno Alfred, que foi uma figura paterna para o jovem Bruce depois da morte dos pais.


Muitos no lugar de Bruce se entregariam ao desespero e desenvolveriam inúmeros transtornos e doenças psicológicas, mas mesmo com todas estes grandes traumas ele continuou seguindo sua jornada sem esmorecer. Sem dúvida este tipo de força muito de nós gostaríamos de ter em nosso dia a dia, mas qual será o segredo de Batman?



1. Ser seletivo e autodidata
De nada adianta possuir uma montanha de conhecimentos e não ter aplicabilidade prática para ele. Acumular diversos diplomas, cursos, títulos, faixas-pretas sem qualquer critério. Devemos sempre escolher o que é útil e dispensar excessos que só nos farão perder tempo. Bruce Wayne se desde o início selecionou  disciplinas que lhe eram importantes tanto na sua formação escolar como na sua jornada de conhecimento para o combate ao crime. Nunca se preocupou em se formar em nada e nunca completou cursos mas teve um conhecimento geral do que lhe interessava para conquistar suas metas. A filosofa e escritora Ayn Rand desenvolveu a filosofia objetivista que trabalha bem dentro destes critérios da busca do homem na sua formação heroica.





2. Dedicação, foco e disciplina
Muitas pessoas tem metas e interesses, mas infelizmente poucos estão dispostos a se sacrificar para conquistar realmente aquilo que almeja, seja uma prática esportivo, uma carreira, um concurso público por exemplo. Wayne se submeteu a um treinamento rigoroso, se transformando em um autodidata, selecionando,  buscando e desenvolvendo habilidades durante anos que o ajudassem no combate ao crime: Criminologia, raciocínio lógico dedutivo, química, artes marciais, bem como habilidades teatrais como disfarces, fugas e ventriloquia. Viajou pelo mundo todo, durante toda sua vida de treinamento para aprender com os melhores em busca da superação física e mental.  




 

3. Aparência é tudo

Apesar da frase: "A aparência não faz o monge" no dia a dia somos julgados o tempo todo pela aparência que projetamos, desde oportunidades de emprego até sendo selecionados como vítimas de bullying ou em um assalto. Por isso sempre devemos transparecer força. Tanto em nossa aparência como em nossas ações, no sobrevivencialismo se diz adotar um perfil hard target. Assim, utilizando os mesmos princípios dos ninjas e antigos samurais para impor o medo na mente dos seus adversários Bruce pensou em um disfarce que levaria medo aos criminoso, pois ele pensava neles como seres supersticiosos e covardes.




4. Código de conduta
Todos nós temos uma bússola moral, ela nos direciona para o que é certo. Se nós  a seguirmos corretamente ao longo da vida ela irá sempre nos ajudar a fazermos as nossas escolhas mesmo em momentos difíceis e dificilmente iremos nos arrepender. Batman vive em um mundo de loucura e violência, várias vezes ele foi posto a prova para cruzar limites, como matar o Coringa e o Bane, mas ele sempre soube que se cruzasse seria um caminho sem volta onde não voltaria da escuridão. 





Na série de teve "Titãs" na primeira temporada no episódio pudemos vislumbrar um pouco desta possibilidade quando o seu discípulo Dick Grayson tem uma visão do que aconteceria se o Batman cedesse aos seus impulsos. Neste episódio Batman mata o Coringa, depois todos os internos do Asilo Arkham e quando a polícia cerca sua mansão mata todos os policiais. 






5. Homem de poucas palavras
  
Há o ditado que diz que falar é prata e silêncio é ouro. Uma das características marcantes do Batman é ser silencioso e taciturno, muitos não sabem o que ele de fato pensa ou pretende fazer até que ele faça, até mesmo seus amigos e aliados. Isso traz muitas vantagens na vida real, se você não fala de seus planos há menas chances de críticas ou que alguém lhe passe a perna, você pode agir livremente. E além disso pessoas silênciosas imprencionam mais aparentendo iteligência, equilíbrio e mistério. Deixe que suas ações e habilidades falem por você.






6. Resiliência, antifragilidade





“Eu aposto que seus pais lhe ensinaram que você significa algo, que você está aqui por alguma razão. Meus pais me ensinaram uma lição diferente, morrendo na sarjeta por razão alguma…. Eles me ensinaram que o mundo só faz sentido, se você força-lo a ter sentido! ” 


Esta frase acima é de Batman na revista "Batman O Cavaleiro das trevas", ela nos mostra que  mesmo que ele encontre inimigos mais fortes ou sofra derrotas ele planeja e transforma seus pontos fracos em fortes com isso já venceu inimigos poderosos como Superman e o Novo deus Darkseid. Na vida ocasionalmente encontraremos derrotas momentâneas, mas devemos entender que são oportunidades para encararmos nossas fraquezas e trabalharmos em cima delas, para supera-las nos tornando melhores, mais fortes e completos. 


7. Rápidas tomadas de decisões

Batman desenvolveu uma grande capacidade estratégica, tomando decisões importantes de maneira muito rápida. As vezes situações aparecem abruptamente, não há tempo para grandes planos, a situação caótica te pega de surpresa e você tem que agir naquele momento, fazer o melhor de maneira rápida, sua vida ou de outras pessoas a sua volta podem depender disso. Para isso você tem que ter uma mente como a de um jogador de xadrez, buscar desenvolver seu raciocínio lógico.



8. Preparado para o pior
Batman é extremamente preparado para toda e qualquer situação possível tendo até mesmo estudado todos os pontos fracos dos seus aliados da Liga da Justiça caso no futuro se voltassem para o mal. Mesmo que estejamos vivendo momentos de realizações e alegrias devemos lembrar que sempre existe o risco de tudo desmoronar, sempre há a chance de aparecer um "cisne negro" no horizonte. 
Muitas pessoas por questões de crenças pessoais ou mesmo por relapso vivem como se nada de mal pudesse acontecer a qualquer momento, vivem sem um plano relacionado a problemas seja financeiros, saúde, ou outros segmentos da vida para uma possível crise no futuro.



9. Se tornando um Mestre e protetor

Batman buscou em toda sua vida a excelência de suas habilidades para atingir seu objetivo, graças a isso ele se tornou um tutor e mestre de vários heróis: Robins, Asa noturna, Batgirl, entre outros. Toda vez que nos dedicamos a uma área que escolhemos e estamos sempre adquirindo novos conhecimentos,  nos especializando e os compartilhando inevitavelmente as pessoas nos vê como referência e exemplo. Isso é se tornar um mestre em excelência e não apenas por um mero título que pode ser comprado ou facilmente adquirido na conclusão de algum curso qualquer.



Todo homem deve buscar alcançar sua maestria e não viver a sombra de outras pessoas ou instituições, se conhecer e ser pleno é isso,  e talvez esta seja uma das mais importantes lições de "ser o Batman", não passar o resto da vida atrás de um mestre, mas se tornar um.

Lembre-se: As vezes, em determinadas situações, é importante e necessário a busca de ajuda de profissionais da saúde na área da psicologia ou psiquiatria para darmos os primeiros passos depois de eventos traumáticos.



Dúvidas? Sugestões? Deixem nos comentários. E nos ajude a lutar por uma internet livre onde possamos aprender e compartilhar conhecimento, sem restrição. 

Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

 

 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...